Quinta-feira, 26 de Abril de 2007

O meu 25 de Abril




Nunca acreditei nas generosas intenções do MFA e dos militares assalariados do regime de então. Também não irei reconduzir o golpe militar a um mero levantamento de rancho. Acredito no voo daquela borboleta que nos trouxe, sabe-se lá por que acasos, tanta coisa imprescindível, tal com esta liberdade de sermos magníficos ou simplesmente rasteiros.
publicado por Luis Euripo às 22:26
link do post | comentar | favorito
1 comentário:
De Arte por um Canudo a 26 de Abril de 2007 às 23:54
Que nunca seja esquecido! 25 de Abril sempre.


Comentar post

.correio para

luiseuripo@sapo.pt

.pesquisar

 

.posts recentes

. Real politic

. Pela boca morre o peixe-2

. Profecias

. Caso Esmeralda

. Silêncio

. A competência exige-se ao...

. Um ministro dá outro bril...

. Fadio vadio. Nota-se que ...

. Um negócio mal parado

. Verão

. A notícia

. O veto

. Vamos lá punir como deve ...

. Dá aí um jeitinho

. A culpa deve ser minha

. Não havia necessidade

. Regresso

. Férias!

. "Ser jornalista é chegar ...

. Joaquim Agostinho

.arquivos

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds