Quarta-feira, 9 de Maio de 2007

A vida nem sempre é feita de mudanças

Para além do efeito multiplicador que as eleições na Madeira certamente produziram na economia da região, com o dispêndio de alguns milhões de euros, qual a sua real utilidade? Jardim apareceu grave e sério a proclamar a sua previsível vitória e nem sequer nos proporcionou um momento mais divertido. As habituais personagens do PSD manifestaram envergonhadamente a sua satisfação pela retumbante reeleição do presidente vitalício do governo da região autónoma. A direita gritou-nos que se tratava de uma grande derrota do governo da República, para o caso de não termos reparado. Terminada esta dispendiosa mise en scène, queiram explicar-nos o que mudou afinal.

Nota: segue-se em breve a reeleição de Pinto da Costa no FCP (ou já foi?). Casos ímpares de longevidade na vida pública em Portugal. Lá por fora temos outros exemplos, como o do notável Fidel Castro. Casos que nos levam a dar a preferência a meteoritos.
publicado por Luis Euripo às 13:02
link do post | comentar | favorito

.correio para

luiseuripo@sapo.pt

.pesquisar

 

.posts recentes

. Real politic

. Pela boca morre o peixe-2

. Profecias

. Caso Esmeralda

. Silêncio

. A competência exige-se ao...

. Um ministro dá outro bril...

. Fadio vadio. Nota-se que ...

. Um negócio mal parado

. Verão

. A notícia

. O veto

. Vamos lá punir como deve ...

. Dá aí um jeitinho

. A culpa deve ser minha

. Não havia necessidade

. Regresso

. Férias!

. "Ser jornalista é chegar ...

. Joaquim Agostinho

.arquivos

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds