Quarta-feira, 31 de Janeiro de 2007

Apesar de tudo, Portugal tem o Vasco Pulido Valente

Vasco Pulido Valente irrita-me solenemente e o meu lado masoquista leva-me a ler as suas crónicas de fio a pavio. Talvez sinta uma certa redenção espiritual ao pensar que o tipo está quase sempre enganado. Nunca mais esqueci aquele escrito em que declarava, no seu melhor estilo assertivo, que Guterres nunca seria primeiro-ministro. O pior de tudo é que Valente tem discípulos, e estes, como todas as cópias, só perdem com a comparação: Se o original já é o que é...

publicado por Luis Euripo às 13:11
link do post | comentar | favorito

.correio para

luiseuripo@sapo.pt

.pesquisar

 

.posts recentes

. Real politic

. Pela boca morre o peixe-2

. Profecias

. Caso Esmeralda

. Silêncio

. A competência exige-se ao...

. Um ministro dá outro bril...

. Fadio vadio. Nota-se que ...

. Um negócio mal parado

. Verão

. A notícia

. O veto

. Vamos lá punir como deve ...

. Dá aí um jeitinho

. A culpa deve ser minha

. Não havia necessidade

. Regresso

. Férias!

. "Ser jornalista é chegar ...

. Joaquim Agostinho

.arquivos

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds