Sexta-feira, 6 de Julho de 2007

Joaquim Agostinho


Agora que vai começar mais uma Volta à França, deixo aqui a minha homenagem ao grande herói desportivo da minha infância e adolescência. Numa época em que havia poucos motivos para nos orgulharmos de ser portugueses, as épicas etapas da Volta à França traziam-nos sempre a esperança da afirmação de um homem simples, valente e leal como poucos, português como nós, um David entre dezenas de Golias que corriam por aquelas estradas até ao cume mais alto dos Alpes ou dos Pirenéus. A televisão a preto e branco não nos oferecia as completas transmissões a que podemos hoje assistir. Deleitava-me sobretudo com as reportagens de Carlos Miranda no jornal A Bola, cheias de humanidade e episódios picarescos. Nunca mais esquecerei aquela entrada de Agostinho num velódromo em França, no términos de um contra-relógio, qual bólide que empurrava todas as nossas emoções, sendo apenas batido nesse dia pelo grande Eddy Merckx, o maior de todos. Ou a sua histórica vitória no mítico Alpe d'Huez, em 1979, noticiada com entusiasmo pela rádio.

 

 

Joaquim Agostinho era do Sporting mas, nesse tempo, isso nada importava aos olhos de todos os portugueses. Mesmo na Volta a Portugal, em que torcia pelo benfiquista Fernando Mendes, um grande e azarado corredor, conformava-me, feliz, com a vitória do homem das Brejenjas, aldeia do concelho de Torres Vedras. Joaquim Agostinho sofreu o acidente fatal em plena competição, quando disputava a Volta ao Algarve, em 1984, com 41 anos de idade, vestindo a camisola amarela. Um final digno para um filme de heróis.

publicado por Luis Euripo às 23:03
link do post | comentar | favorito

.correio para

luiseuripo@sapo.pt

.pesquisar

 

.posts recentes

. Real politic

. Pela boca morre o peixe-2

. Profecias

. Caso Esmeralda

. Silêncio

. A competência exige-se ao...

. Um ministro dá outro bril...

. Fadio vadio. Nota-se que ...

. Um negócio mal parado

. Verão

. A notícia

. O veto

. Vamos lá punir como deve ...

. Dá aí um jeitinho

. A culpa deve ser minha

. Não havia necessidade

. Regresso

. Férias!

. "Ser jornalista é chegar ...

. Joaquim Agostinho

.arquivos

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds