Sábado, 7 de Julho de 2007

"Ser jornalista é chegar atrasado assim que possível"

Genericamente de acordo com Fernanda Câncio quanto à apreciação que faz do estado do jornalismo em Portugal. Quanto às criticas que a corporação manifesta sobre o "violento ataque" do governo à liberdade de imprensa, bom seria que finalmente se socorresse de alguma objectividade. E, já agora, que não se esquecesse de trazer cá para fora o que se passa nas redacções em termos de limitações a essa liberdade.
publicado por Luis Euripo às 00:39
link do post | comentar | favorito

.correio para

luiseuripo@sapo.pt

.pesquisar

 

.posts recentes

. Real politic

. Pela boca morre o peixe-2

. Profecias

. Caso Esmeralda

. Silêncio

. A competência exige-se ao...

. Um ministro dá outro bril...

. Fadio vadio. Nota-se que ...

. Um negócio mal parado

. Verão

. A notícia

. O veto

. Vamos lá punir como deve ...

. Dá aí um jeitinho

. A culpa deve ser minha

. Não havia necessidade

. Regresso

. Férias!

. "Ser jornalista é chegar ...

. Joaquim Agostinho

.arquivos

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds