Quarta-feira, 8 de Agosto de 2007

A notícia



Em certos jornalistas existe a tentação incontrolável para transformar em notícia o que imaginam passar-se na cabeça dos protagonistas. Sintoma evidente da preguiça, falta de tempo, má-fé ou seja lá o que for que mina a credibilidade da "informação" que se vai produzindo e sobre a qual as corporações representativas do sector não manifestam publicamente a mínima preocupação. Lembro-me de há anos atrás, era o Toni treinador do Benfica que conquistou sofridamente o campeonato nacional, um jornalista de A Bola ter escrito um artigo em que descrevia minuciosamente os mais íntimos pensamentos do pobre do Toni sobre a situação que se vivia no clube. Ocorreu-me esta história a propósito de um post de José António Barreiros no A Revolta das Palavras, que constitui um testemunho precioso dessa técnica jornalística .
publicado por Luis Euripo às 16:52
link do post | comentar | favorito

.correio para

luiseuripo@sapo.pt

.pesquisar

 

.posts recentes

. Real politic

. Pela boca morre o peixe-2

. Profecias

. Caso Esmeralda

. Silêncio

. A competência exige-se ao...

. Um ministro dá outro bril...

. Fadio vadio. Nota-se que ...

. Um negócio mal parado

. Verão

. A notícia

. O veto

. Vamos lá punir como deve ...

. Dá aí um jeitinho

. A culpa deve ser minha

. Não havia necessidade

. Regresso

. Férias!

. "Ser jornalista é chegar ...

. Joaquim Agostinho

.arquivos

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds