Segunda-feira, 25 de Junho de 2007

Há regimes piores que outros

O Público de hoje informa que corre pela net uma petição em defesa de Fernando Charrua, intitulada "Pela Liberdade: Crimes Políticos Nunca Mais". O mesmo jornal dá-nos conta de que "os dois primeiros subscritores são Isilda Pegado e António Pinheiro Torres, dois conhecidos activistas da luta contra a despenalização da interrupção voluntária da gravidez". Este último senhor afirma que "nem no anterior regime acontecia", referindo-se à história que dá mote à petição. Hoje em dia fala-se muito em "regime", a maior parte das vezes a despropósito, ao ponto de já termos um regime de Sócrates, um regime de Santana, um regime de Durão, um regime de Guterres e por aí fora. Se o senhor Torres se queria referir ao regime de Salazar e Caetano, ou é muito novo, ou não é leitor, ou ninguém lhe disse nada, ou é outra coisa qualquer.
publicado por Luis Euripo às 22:36
link | comentar | favorito
Terça-feira, 5 de Junho de 2007

Haja pachorra

Periodicamente, Saldanha Sanches lança acusações sobre determinados grupos. Que me lembre, e com repercussão pública, foram os funcionários da administração fiscal, os autarcas e agora os magistrados do Ministério Público colocados "na província", "capturados" pelos anteriormente visados autarcas. Face a ameaças de processos judiciais, que exigem concretização das graves acusações, Sanches reage sempre com indiferença e arrogância. Pela repetição, a conduta de Sanches parece obedecer a uma estratégia e uma finalidade. Na prática, o "eminente fiscalista" não contribuiu um chavo para o aniquilamento de qualquer polvo mafioso, de um choquinho sequer. Estas atoardas dão-lhe visibilidade mas suspeito que, apesar de esta lhe agradar, não quererá ficar por aqui. Faz bem José António Barreiros em levá-lo a depor em tribunal, meritória iniciativa que poderá demonstrar (se vier a acontecer...) o imenso vazio e inutilidade das tiradas de Saldanha Sanches. 
publicado por Luis Euripo às 21:05
link | comentar | ver comentários (1) | favorito
Sexta-feira, 13 de Abril de 2007

Cantinho da demagogia

Para uma discussão público versus privado o ensino superior privado é um exemplo acabado da bondade do investimento não público. O primeiro objectivo é ganhar dinheiro. O segundo objectivo é não perder dinheiro. Se possível, nos casos de sucesso, vamos lá dar o contributo para a sociedade.
publicado por Luis Euripo às 17:01
link | comentar | favorito

.correio para

luiseuripo@sapo.pt

.pesquisar

 

.posts recentes

. Há regimes piores que out...

. Haja pachorra

. Cantinho da demagogia

.arquivos

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds