Quinta-feira, 31 de Maio de 2007

Uma margarida no deserto



Acho alguma piada a rankings porque nos dão uma rápida noção das posições relativas de cada um. Obviamente, há aqueles que são para considerar com um mínimo de seriedade e outros cheiram a esturro, claramente enfeudados a interesses nada inocentes. Hoje foi divulgado o ranking dos países mais seguros do mundo, estudo feito pela The Enonomist, que deve ser tido em conta porque se trata nada mais nada menos que a revista favorita de Cavaco Silva. Resultado: entre 121 países Portugal encontra-se num excelente 9.º lugar.

Duas conclusões: os motoristas de táxi não têm razão e Salazar está dispensado de pôr o país na ordem. Diria mesmo que o país seria muito menos seguro com Salazar, pelo menos para aqueles que se atreviam a murmurar qualquer pequena inconveniência sobre o regime. Tiranos e tiranetes não dão saúde e segurança, como é constatável pela ocupação dos lugares do fundo da tabela do dito ranking
publicado por Luis Euripo às 20:50
link do post | comentar | favorito
Sábado, 28 de Abril de 2007

Sugestão




A República Portuguesa poderia ser generosa com todos os fãs de Salazar, praticantes, devotos, saudosistas e meros nostálgicos, e oferecer-lhes uma parcela do rincão pátrio para recrearem o Portugal de que tanto gostaram. Sugiro a serra da Malcata, onde os linces já não são avistados há bastante tempo, mas poderá ser qualquer outro local, quiçá o solo sagrado onde o iluminado ditador nasceu e onde tanto gostam de peregrinar. Demarcada essa reserva, entre eles escolheriam o seu ditador sem o espectro de qualquer eleição, e na impossibilidade de um golpe de estado, dada a inexistência do dito Estado, poderiam fazê-lo num ringue de wrestling ou num torneio de paintball. Aí teriam o seu governo, a sua polícia política, as suas adoráveis escolinhas, o seu Diário da Manhã, o seu Festival da Canção, um canal de televisão a preto e branco, muitos motoristas de táxi, e, finalmente, os skinheads ousariam passear-se à vontade com os seus uniformes da Juventude Hitlreriana, ou, se lhes fugir o chinelo para um nacionalismo excessivo, com uniformes da Mocidade Portuguesa. Enfim, o sonho de um verdadeiro Portugal dos Pequeninos.
publicado por Luis Euripo às 20:12
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 14 de Fevereiro de 2007

Quem consegue lavar mais branco?

Salazar é um personagem de filme de série B. Tosco, óbvio e inverosímil. Todos os ingredientes para passar a ter o seu culto, com sacerdotes, fiéis e simples admiradores. A sua grandeza foi a de ter perpetuado um grande e trágico disparate durante quase meio século. Salazar é o denominador comum que aproxima um irascível motorista de táxi de alguns intelectuais de direita. Não fosse a chatice de ter deixado vítimas, com mortos e tudo, o seu regime teria o registo da comédia. O que é desagradável nos dias de hoje é a baba dos devotos continuar a conspurcar as ruas de Portugal.
publicado por Luis Euripo às 14:12
link do post | comentar | favorito

.correio para

luiseuripo@sapo.pt

.pesquisar

 

.posts recentes

. Uma margarida no deserto

. Sugestão

. Quem consegue lavar mais ...

.arquivos

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds